Álvares de Azevedo, o mais romântico dos poetas, não teve tempo para o amor

Meu pobre coração que estremecia,... Álvares de Azevedo - PensadorPaulo Peres
Poemas & Canções
O dramaturgo, ensaísta, contista e poeta paulista Manuel Antônio Álvares de Azevedo (1831-1852) declara que, através do “Amor”, deseja viver todos os momentos junto de sua amada. O grande poeta, ultrarromântico, morreu cedo, antes de completar 21 anos.

AMOR

Álvares de Azevedo

Amemos! Quero de amor

Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu’alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!

Quero em teus lábio beber
Os teus amores do céu,
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d’esperança,
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!
Vem, anjo, minha donzela,
Minha’alma, meu coração!
Que noite, que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!

One thought on “Álvares de Azevedo, o mais romântico dos poetas, não teve tempo para o amor

  1. 1) Grande poeta, o Alvares.

    2) Licença… em 27/09/1836 nasce em Fortaleza, CE, o poeta Juvenal Galeno, autor de “Lendas e Canções Populares”, foi publicado em 1865, insere-se no Romantismo Brasileiro.

    3) Alô pessoal do Ceará, vamos divulgar o poeta fortalezense…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *