A polmica aquisio dos caas

Delmiro Gouveia
O que Lula est ganhando nessa histria? Como Lula, um desastrado torneiro-mecnico, pode se contrapor brilhante indstria aeronutica brasileira, bem como FAB, contrariando um relatrio de mais de 30 mil pginas? Relatrio que indica a compra dos caas suecos, no lugar dos carssimos avies franceses?

Esse um negcio de 10 bilhes de dlares, quanto Lula est levando? E mais: que direito tem o Lula de tomar uma deciso contra a inteligncia aeronutica do Brasil, ao apagar das luzes ou das trevas dos seus dois mandatos?

Comentrio de Helio Fernandes
S de ler esse nome, Delmiro Gouveia, fico emocionado, vou lembrando suas lutas de mais de um sculo na defesa da indstria nacional de tecidos, que vinha em grande ascenso.

Lutou a vida inteira, impvido, altivo e altaneiro. Foi assassinado, suas mquinas trituradas e destrudas, a indstria eliminada. A mesma coisa que fizeram com a borracha, responsvel pelo grande progresso e desenvolvimento da Amaznia. Fabricaram a borracha sinttica, o progresso e o desenvolvimento da Amaznia ficaram apenas nos livros de Histria. De 1834 at hoje, nada mais do que isso.

Mesmo que voc no seja parente do grande heri da indstria brasileira, s o fato de me trazer memria seu nome (praticamente esquecido pelos que dominaram o Brasil depois do seu sacrifcio) j foi enorme satisfao.

Quanto compra dos caas, fica mais do que evidente que voc conhece a fundo o ASSUNTO e, principalmente, os BASTIDORES do assunto. H muito tempo, j escrevi: impossvel no Brasil fazer qualquer compra ou venda, acima de qualquer importncia, sem que surja a COMISSO POR FORA.

PS De 10 bilhes, ento, nem se fala. Mas no momento precisamos nos concentrar na melhor COMPRA tcnica e operacional, que a dos CAAS SUECOS.

PS2 Na hora examinaremos e combateremos para que a Sucia receba preo justo e correto, como voc defende, Delmiro Gouveia.

Transferncia de tecnologia

Welinton Naveira e Silva
Prezado Helio, que muita gente continue falando em transferncia de tecnologia, v l. Mas que o senhor tambm acredite nisso, no creio.

Comentrio de Helio Fernandes
Voc tem todo o direito de duvidar da transferncia de tecnologia, e concordo inteiramente. At hoje exportamos uma parte enorme de manufaturados, no acrescentamos valor ao produto. Por isso dependemos tanto das importaes, superfaturadas e sem fiscalizao, com uma parte ficando l fora.

Mas veja, Welinton, como posso DEFENDER a compra desses caas, sem transferncia de tecnologia? Mesmo que coloquem no possvel contrato, NADA VIR, ficaremos comprando a vida toda.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.