Almir Barbassa, “financista” da Petrobras

Foi multado três vezes  pela CVM. Tem que pagar (pelo conjunto da obra) mais de 500 mil. Só que continua invicto. Quem pagou tudo foi a própria empresa. Ué, não é ele que cuida das finanças da empresa?

Empreiteiras associadas

Uma empreiteira, isolada e desacompanhada, já é um risco. Imaginem agora, que estão se juntando. Quem terá cacife para pagar as comissões? Bom mesmo é São Paulo, que chama as rodovias de MARGINAL. Homenagem a elas, que vem desde Ademar de Barros, consagradas por Paulo Maluf.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *