Bolsonaro quer lanar a ministra Damares ao Senado e Janana protesta: Ele quer vassalos

A cruzada sem sentido de Janaina Paschoal | VEJA

Janaina pensou que Bolsonaro a apoiaria, mas se enganou

Bianca Gomes e Gustavo Schmitt
O Globo

A declarao do presidente Jair Bolsonaro (PL) de que a ministra da Mulher, Famlia e Direitos Humanos, Damares Alves (sem partido), pode disputar o Senado por So Paulo desagradou pr-candidatos que esperavam contar com o apoio do presidente e dividiu ainda mais o palanque da direita no maior colgio eleitoral do pas.

O cenrio parecido com o que se v no governo estadual, em que o ex-ministro da Educao Abraham Weintraub, antigo aliado do presidente, quer disputar o eleitorado bolsonarista com o ministro da Infraestrutura, Tarcsio Freitas.

JANAINA REAGE – Deputada estadual mais votada da histria do pas, Janana Paschoal (PSL) esperava o apoio de Bolsonaro para concorrer ao Senado, isso mesmo aps romper com presidente e se tornar crtica de seu governo, j tendo dito em redes sociais que o mandatrio parecia filiado ao PSOL.

Nos ltimos meses, no entanto, para viabilizar o apoio, a parlamentar voltou a acenar para a base bolsonarista e comeou a trabalhar por uma aliana com Tarcsio. Ao comentar o convite a Damares, Janana disse que Bolsonaro gosta de prejudicar a direita. J fez isso em 2020 e est fazendo de novo, declarou:

Ele (Bolsonaro) quer vassalos. Nada alm disso. E ele sabe que eu no sou disse a deputada, que ainda criticou a escolha da ministra. preciso lembrar que o Senado a casa em que o estados so representados. Quanto s pautas conservadoras, para defend-las, preciso bem mais do que dizer que menina veste rosa e menino veste azul afirmou ela, em referncia polmica frase dita pela ministra em 2019.

SEM PEDIR AVAL – Segundo Janana, sua pr-candidatura est mantida mesmo sem o apoio do presidente: Eu anunciei minha pr-candidatura bem antes, no pedi aval, nem apoio de ningum disse a deputada, que vai deixar o PSL nos prximos meses. S me querem para puxar os candidatos escolhidos pela cpula.

O novo partido ainda no est definido, mas ela adianta que no quer estar amarrada a candidato nenhum. Sobre um possvel apoio a Sergio Moro, candidato do Podemos, afirmou que admira o que ele fez pelo Brasil, mas ainda preciso ver suas propostas.

A entrada de Damares na disputa tambm dificulta o caminho de Paulo Skaf (MDB), ex-presidente da Federao das Indstrias do Estado de So Paulo (Fiesp), cujo nome tem sido cotado para disputar o Senado com o apoio do presidente.

APOIO DO EMPRESARIADO – Ainda assim, aliados de Skaf avaliam que cedo para que ele fique fora dos planos para uma eventual chapa com o ministro Tarcsio como candidato a governador.

Embora no seja um nome que entusiasma a militncia bolsonarista como a ministra Damares com seus discursos inflamados de radicalismo e esteja enfraquecido aps deixar a presidncia da Fiesp, Skaf visto na direita como um nome capaz de atrair o apoio do empresariado, o que poderia ser um ativo.

H alguns meses, Skaf sonhava ainda, segundo empresrios, em disputar o governo de So Paulo com apoio de Bolsonaro, mas viu o presidente passar a estimular a candidatura de Tarcsio. Com a queda de popularidade do presidente e sem avanos significativos na agenda liberal de Guedes, Skaf comeou a procurar caminhos diferentes e cogitou se filiar ao PSD, embora nunca tenha criticado publicamente o governo, j que jamais descartou uma aliana com Bolsonaro.

CANDIDATSSIMA – Damares deu pelo menos trs declaraes que revelam suas intenes eleitorais. Uma delas ocorreu em uma live promovida pelo pastor evanglico e ex-deputado federal Fbio Sousa na segunda-feira, quando a ministra disse que estava “gostando da ideia” de ser candidata. O convite, por sua vez, foi confirmado na ltima quarta-feira pelo presidente Bolsonaro.

Posso adiantar uma possvel senadora para So Paulo: a ministra Damares. O convite foi feito, o Tarcsio (de Freitas) gostou dessa possibilidade. Conversei com a Damares, e ela ainda no se decidiu contou o presidente, deixando claro que a sugesto passou pelo crivo do ministro da Infraestrutura, seu candidato ao Palcio dos Bandeirantes.

Ainda que no seja unanimidade dentro da bancada religiosa, Damares conta com o apoio da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que recentemente postou em suas redes sociais o resultado de uma enquete em que a ministra aparece na liderana da corrida pelo Senado no Amap.

12 thoughts on “Bolsonaro quer lanar a ministra Damares ao Senado e Janana protesta: Ele quer vassalos

  1. Janana Paschoal percebeu que no conta com o apoio da famlia Bolsonaro. Ser que ela vai abrir mais uma lacuna nas hostes bolsonaristas, como fizeram recentemente, Ernesto Arajo e Abraham Weintraub?.
    Se a escolha do Ministro Tarcsio de Freitas para concorrer ao governo de SP tenha sido uma pssima deciso, a escolha da ministra Damares ficou ainda pior. Nenhum dos dois tm condio de vencer a disputa nesse colgio eleitoral difcil e que um feudo do PSDB.
    Bolsonaro desconhece, que somente um senador ser eleito nesse 2022. Ento, a disputa ser acirrada, no s em So Paulo, mas, no Brasil inteiro.
    Creio, que a candidatura de Janana, a musa do impeachment da Dilma, leva mais chances do que Damares, porm, ambas perdero. Janana no tem mais, aquele capital inicial e ainda tem demonstrado ser negacionista e reacionaria. Quanto a Damares, trata-se de uma ilustra desconhecida e tem fama de fazer tudo que seu mestre Bolsonaro mandar.
    Pelo andar da carruagem, o PL de Valdemar Costa Neto sair menor nessa eleio. Triste fim desse cacique do Centro, que apostou suas fichas no Mito, na hora errada. Os candidatos do PL sero chamados de polticos anti vacina e contra a classe trabalhadora. Se colar no Mito, as suas candidaturas, vo amargar o limbo da derrota.
    Os Partidos comeam a “morrer”, quando seus membros brigam e ningum tem razo.

  2. Ela cumpriu muito bem a sua misso no impeachment da presidente Dilma.
    A exposio pblica dela no Processo do Impeachment no Senado, como advogada de acusao, tendo como tema as Pedaladas Fiscais, a hoje deputada Janana foi uma artista naquele palco. Teve um dia, que ela at chorou.
    Mas, ser que o raio cair mais uma vez, na cabea dela? O cenrio hoje outro, logo no creio que tenha o mesmo sucesso de outrora.
    Se Janana for pouquinho coisa mais astuta, concorre a eleio de deputada, esquecendo por hora, o mandato no Senado.

  3. Duas cosias que no consigo entender, porque a Janana quer dar um passo to grande? E de onde o mito tirou que a Damares tem chance de se eleger senadora por So Paulo. A pretenso da deputada ainda se entende, teve uma votao extraordinria, que mesmo que repetida no suficiente para garantir-lhe o upgrade, mas a ministra? Espera l, a exagerar na dose, tanto o mito quanto a ministra acreditam que s existem eleitores evanglicos no estado mais populoso do Brasil?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.