Braga Netto afirma a empresários que ‘sem auditoria’ não deve haver eleição

Bolsonaro confirma Braga Netto como seu vice - Focus.jor | O que importa  primeiro

Braga constrangeu os empresários ar dar essa declaração

 

Deu em O Tempo

Mais um integrante da cúpula do governo de Jair Bolsonaro (PL), fez uma declaração com viés golpista. Dessa vez foi o general Walter Braga Netto (PL), pré-candidato a vice na chapa pela reeleição do capitão do Exército. Braga Netto afirmou em um encontro com empresários da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) que, se não for feita a auditoria dos votos defendida pelo presidente, “não tem eleição” este ano.  A informação é da colunista Malu Gaspar e foi publicada no jornal O Globo, nesta sexta-feira (1º).

Braga Netto fez a declaração dois dias antes de ele ser oficializado como vice. E causou constrangimento na plateia de 40 empresários selecionados pela Firjan para um discreto encontro dedicado oficialmente à apresentação de pleitos do Rio ao “assessor especial da presidência da República”.

DIZ A JORNALISTA – “Longe da imprensa e frente a uma audiência em tese simpática, Braga Netto se soltou e repetiu a narrativa infundada de Bolsonaro sobre a segurança da urna eletrônica – ao contrário do que diz o presidente, os votos no Brasil são auditáveis”, escreveu Malu Gaspar.

À equipe da coluna, a assessoria de imprensa de Braga Netto afirmou que não houve ameaças, que sua fala foi tirada de contexto e mal interpretada pelas fontes.

 “Mas, segundo relatos colhidos pela equipe da coluna, a sala foi tomada por um incômodo silêncio após a declaração”, ressalta Malu Gaspar.

COM PAZUELLO – O militar da reserva, que foi exonerado nesta sexta-feira do governo para disputar as eleições, estava acompanhado do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, também general e pré-candidato a deputado federal pelo PL.

A reportagem do Globo lembra que o general Braga Netto recebeu de estrategistas de Bolsonaro a missão de ajudar na arrecadação de recursos para a campanha. 

A previsão da cúpula da campanha é que o candidato a vice-presidente se dedique a viajar pelos estados onde estão os principais doadores.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Não se esperava outra posição do general Braga Netto. Ao lado do também general Pazuello, ele só faltou repetir a afirmação do amigo e dizer que “um comanda e os outros obedecem”, o que é uma bobajada que não faz sentido nem mesmo nas Forças Armadas, porque ordem ilegal, errada ou estúpida não é para ser cumprida, a não ser pelos covardes bajuladores. (C.N.)

14 thoughts on “Braga Netto afirma a empresários que ‘sem auditoria’ não deve haver eleição

  1. “um comanda e os outros obedecem”, o que é uma bobajada que não faz sentido nem mesmo nas Forças Armadas, porque ordem ilegal, errada ou estúpida não é para ser cumprida, a não ser pelos covardes bajuladores”.

    Sr. Carlos Newton, gostaria muito de acreditar no final da sua NR, porém, presumo que os caras estão muito mal intencionados.

    Estamos ouvindo isto faz tempo, e agora, quase todo dia.
    A derrota do demônio pra qualquer um, é mais cristalina que a agua de um iceberg.

    Como não dá pra eles reagirem a força das urnas, vão por esse plano macabro em prática custe o que custar.

    A alerj já impôs sigilo nas ações do carluxo durante a pandemia.
    A familícia está criando asas e se tornaram um perigo para o nosso amado Brasil.
    Já estamos na venezuelização descaradamente.
    Será que ninguém se toca do perigo que estes insanos representam?

    Este homem deveria ter sido preso ali mesmo, pelo crime de conspiração!

    Um abraço,
    José Luis.

  2. A pergunta do Garrincha ao Feola ressurge aqui: os golpistas já combinaram com os 15 oficiais generais do Alto Comando Exército Brasileiro?

  3. Todo esse barulho e bravata de Bolsonaro e da ala militar do governo questionando o sistema eletrônico de votação, na verdade nada tem a ver com falhas nas urnas eletrônicas.

    O nome disso é desespero !!

    Bolsonaro sabe que seus dias de presidente estão contados e que seu desastroso governo está chegando ao fim.

    São cada vez mais reais e concretas as chances de vitória de Lula no 1º turno. O ex-presidente lidera intenções de voto em 19 estados, incluindo São Paulo e Minas Gerais, os dois maiores colégios eleitorais do país, onde Lula lidera com 48% contra 28% de Bolsonaro (em Minas Gerais) e com 43% das intenções de voto contra 30% do atual mandatário.

    É, portanto, bastante efetiva a chance de vitória no 1º turno pondo fim ao desastroso e catastrófico governo bolsonaro.

    Esse é o pesadelo de Bolsonaro: ser derrotado, perder a imunidade e eventualmente ser julgado, condenado e preso por eventuais crimes cometidos durante o mandato e que venham a ser oportunamente apurados e comprovados.

    Percebe que suas chances nestas eleições são mínimas e prevendo já uma eventual derrota em outubro, o inquilino do Planalto tenta achar um meio de tumultuar o pleito eleitoral que se avizinha na tentativa de se perpetuar no poder por meios “outros” que são sejam as urnas.

    Para levar a efeito esse seu propósito, tenta desqualificar o sistema eletrônico de votação, pondo em dúvida a segurança do processo eleitoral brasileiro sem qualquer respaldo técnico ou legal.

    Consciente do seu fracasso como presidente e de que seu governo está próximo do fim, Bolsonaro tentará de tudo – TUDO – para permanecer no poder, com possibilidade inclusive de provocar uma crise institucional de natureza grave a fim de legitimar uma eventual intervenção militar.

    Mas isso não vai acontecer !! Todo reinado um dia chega ao fim. E bolsonaro não tarda por esperar. Cedo ou tarde terá de prestar contas com a Justiça e pagar por todo o mal que causou e continua causando ao país.

    De 2022, não passará !! Será escorraçado do poder pelo povo, nas urnas.

    Ninguém suporta mais esse sujeito no poder.

  4. Na reta final vão surgir fatos, factoides, meias verdades e mentiras, esperneio e gargarejo ao sabor de todo mundo.
    Um cantora que nem lembro o nome no meio do show grita Fora Bolsonaro o jornal foi enfático.
    No mesmo engajado dá conta que Piquet foi homofóbico e racista com o Hamilton, fiquei embasbacado, homofóbico? O nosso campeão virou bandido depois que disse apoiar Bolsonaro? PSOL está mordido e vai ao STF.
    Enquanto isso os oráculos, ventríloquos e praticantes de psicografias vão tecendo de desgraças o que os generais estão fazendo, pensando ou conspirando contra as democracia.

  5. Vamos recordar que o interventor na Segurança Pública do RJ fortaleceu as milícias do estado.

    As áreas dominadas pelas facções milicianas – que são várias – passaram em número é dimensões aquelas do tráfico.

  6. Por favor, sejamos corretos e completos:

    Não se trata do general Walter Braga Netto (PL), mas do general-aposentado Braga Netto! Por que a diferença? Pois vos digo: um tem canhão e estrelas o outro frustração e pijama.

  7. KKK Piada do Ano ou arrogância mesmo? Fico com as duas hipóteses. Agora só falta a volta da desconfiança sobre a segurança das urnas eletrônicas. Este general envergonha as FFAA, como aquele outro palhaço que foi ministro da Saúde. Lugar de milico é no quartel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.