Concurso Seleo do Fausto, um novo processo contra a Globo

J faz 3 anos que a TV Globo promoveu o concurso Seleo do Fausto, quando da Copa do Mundo de Futebol, em 2006, mas o prejuzo s agora est sendo cobrado.

Inconformado com a ilegalidade e a simulao da promoo que deveria ser gratuita, mas no foi, o Ministrio Pblico Federal entrou com Ao Civil Pblica pedindo a devoluo de todos os recursos arrecadados pelas Organizaes Globo com esses sorteios e que cobravam R$4,00 de cada participante que, pelo celular, buscasse informaes sobre os jogos.

Na verdade, essa solicitao de notcias, por meio de celular, era o subterfgio imaginado pela Globo para justificar a compra do produto informativo, que possibilitaria ao adquirente desse servio concorrer gratuitamente aos prmios da Seleo do Fausto. Puro engano, que no colou.

Por conta disso, a Procuradoria da Repblica est requerendo Justia Federal as seguintes decises:

1. A declarao da nulidade do Certificado de Autorizao da Caixa Econmica Federal no. 6-0189/2006, que aprovou a jogatina ilegal e camuflada;

2. A condenao das rs GLOBOSAT PROGRAMADORA LTDA, GLOBO COMUNICAO E PARTICIPAES LTDA. e EDITORA GLOBO S/A a promover o ressarcimento do VALOR ILICITAMENTE AUFERIDO EM VIRTUDE DA REALIZAO DA PROMOO SELEO DO FAUSTO;

3. A condenao das rs PROIBIO de realizar as promoes de que trata a Lei no. 5.768/71 DURANTE O PRAZO DE DOIS ANOS;

4. A condenao da CEF obrigao de no autorizar planos de operao de distribuio de sorteio de prmios como forma de AUFERIR RECEITAS;

5. Condenao da CEF no sentido de que adote as providncias necessrias decretao da nulidade de autorizao.

A Caixa Econmica Federal est se emulando de todas as formas para defender a aprovao da jogatina exclusiva, que autorizou a Globo a operar em 2006 e que todo mundo sabia ser ilegal e imoral. No sei o que seria do Brasil no fossem a coragem, iseno e competncia de nossos PROCURADORES DA REPBLICA!.

A pergunta que fica no ar: as Organizaes Globo, que faturam por ano, mais de OITO BILHES DE REAIS, com publicidade e outras iniciativas comerciais, por ano, precisavam se envolver em negcio to nebuloso e que no a engrandece em nada? Ou seja, a ingnua simulao de concurso de distribuio de prmios no gratuitos?

E o Fausto que tambm tem uma imagem a preservar, que deve ter um compromisso com o consumidor-telespectador, por que se meteu pela terceira vez nessa falsa distribuio gratuita de prmios?

A primeira promoo foi em 1998 (QUINHENTOS GOLS DO FAUSTO); a segunda em 2002, com a JOGADA DA SORTE e a terceira em 2006 (Seleo do Fausto). O telespectador no bobo e pode cobrar maior responsabilidade e respeito. H alguns anos a produo do Gugu montou uma falsa entrevista com falsos bandidos e que acabou derrubando a audincia e a credibilidade do milionrio apresentador, que se mudou para a casa de Edir Macedo, a Rede Record de Televiso. Ou melhor, est com um p no SBT e outro na Record.

* * *

PS- O Fausto, Gugu, Amaury e outros, que ganham milhes e milhes, m-e-n-s-a-l-m-e-n-t-e, esto includos naqueles que relacionei ontem, como recebedores ilegais.

PS2- E foram fulminados por uma carta lcida, elucidativa e altamente competente do brilhante advogado, Jorge Folena de Oliveira.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.