Desmatamento recorde na Amaznia expe fracasso absoluto da poltica ambiental

Desmatamento da Amaznia cresceu em julho 278% em relao a 2018 | Hypeness   Inovao e criatividade para todos.

Enquanto o desmatamento avana, cai o nmero de multas

Deu em O Globo

Os dados sobre desmatamento divulgados pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amaznia (Imazon) so to contundentes quanto reveladores. Comprovam a incapacidade do governo Bolsonaro de frear a devastao em trs anos de mandato. Em 2021, a Amaznia Legal perdeu 10.362 quilmetros quadrados de floresta nativa, rea correspondente metade de Sergipe.

A destruio, a maior em dez anos, 29% superior verificada em 2020, ano que j havia batido recorde. Ainda que dezembro tenha registrado reduo significativa no desmatamento (49%), o recuo no foi suficiente para salvar o acumulado anual.

PAR NA DIANTEIRA – No apenas o nmero geral que preocupa. Segundo o Imazon, entre os nove estados que compem a Amaznia Legal, apenas o Amap no apresentou aumento na devastao. Mais uma vez, o Par lidera o ranking das motosserras, com 4.037 quilmetros quadrados de florestas derrubadas, ou 40% do total. O Amazonas, segundo da lista, foi o que registrou maior crescimento na rea devastada.

Evidentemente, esses nmeros revelam o fracasso do governo Bolsonaro em conter a devastao, apesar dos compromissos assumidos na Conferncia das Naes Unidas sobre Mudanas Climticas (COP26), em Glasgow, no ano passado, e das cobranas cada vez mais veementes da comunidade internacional.

De nada adiantou mudar o ministro do Meio Ambiente. verdade que Joaquim Leite no encarna o modelo txico de Ricardo Salles, mas a poltica ambiental ou a falta dela continua sob estrita responsabilidade de Jair Bolsonaro.

MENOS MULTAS – E Bolsonaro no parece nem um pouco preocupado com danos ao meio ambiente. Prova disso foi seu discurso durante a abertura do Circuito Agro, na segunda-feira, em que comemorou a reduo no nmero de multas a propriedades rurais.

Paramos de ter grandes problemas com a questo ambiental, especialmente no tocante multa. Tem que existir? Tem. Mas conversamos e ns reduzimos em mais de 80% as multagens (sic) no campo, disse.

A declarao demonstra que Bolsonaro encara a multa ambiental como problema, no como instrumento para desestimular a destruio de florestas. A multa existe porque algum desrespeitou a lei. No por acaso que, ao longo de trs anos, promoveu o desmonte do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), responsveis por multar a torto e a direito, como j disse.

ERA DA ILEGALIDADE O presidente tirou o poder de fiscais e incensou garimpeiros, madeireiros ilegais e grileiros. A todo momento, o governo d a deixa: pode desmatar vontade, que nada acontece.

O problema no apenas a ausncia de uma poltica ambiental consistente para reduzir o desmatamento, ou at mesmo a crnica escassez de recursos oramentrios para implement-la. Falta mesmo disposio para mudar o quadro.

O discurso de Bolsonaro no evento de crdito agrcola no d esperana de que em 2022, um ano eleitoral, as motosserras se calaro.

6 thoughts on “Desmatamento recorde na Amaznia expe fracasso absoluto da poltica ambiental

  1. Com Globo ou sem Globo, Boalnato um CAFAJESTE, UM CANALHA, ignorante e sem inteligncia para presidir um pas. No sou petista nem lulista mas vou votar no Lula porque ele, COM TODOS OS SEUS DEFEITOS, um trilho de vezes melhor que o boal.

  2. Bolsonaro o Kid Motossera da esquerda festiva.
    o Nero Amaznico da esquerda europeia limpinha.
    o destruidor da vida da Greta.
    o cara que acha a mulher do francs, feia!
    desafeto do cara filmado que afundou com o Titanic, o que nem Deus afundava.
    Mas ele tambm o cara que vai levar meu voto e campanha grtis, o cara que como eu no passa manteiga no focinho de gato, nem batom em boca de porco.
    o cara que com pastel ou em pastel ou leite condensado vai levando multides por onde passa mas os caolhos subsidiados no enxergam.
    Mas tem tambm os lapidados que acham ele um tosco, hehhehhe

  3. Frases sobre o Imperialismo e as ONGs na Amaznia:

    “Se os pases subdesenvolvidos no conseguem pagar suas dvidas externas, que vendam suas riquezas, seus territrios e suas fbricas”.

    Margareth Thatcher, 1983.

    “Ao contrrio do que os brasileiros pensam, a Amaznia no deles, mas de todos ns. Oferecemos o perdo da dvida externa em troca da floresta.”

    Al Gore, 1989.

    “O Brasil precisa aceitar uma soberania relativa sobre a Amaznia.”

    Fraois Mitterrand, 1989.

    “O Brasil deve delegar parte dos seus direitos sobre a Amaznia aos organismos internacionais competentes.”

    Gorbachev, 1992.

    “Caso o Brasil resolva fazer uso da Amaznia, pondo em risco o meio ambiente dos EUA, temos que estar prontos para interromper este processo imediatamente.”

    Gal. Patrick Hugles, 1998.

    https://twitter.com/QuintoMovimento/status/1487105036136194048

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.