Dilma-Requião e o vale-tudo

Nesses cálculos esdrúxulos, periférios e até escalafobéticos, para formar ou fechar a chapa presidencial, vale tudo. Ou não vale nada. Já que PT e PMDB, se dizem aliados e partidos da base, por que não juntam logo os nomes que estão no título desta nota?

Governador em 1994, senador em 1998, novamente governador em 2002 e 2006, é tido como muito agressivo. Mas não é isso que Dona Dilma está precisando e procurando?

Apenas sugestão, ninguém preenche minha expectativa e esperança. Haja o que houver, farei oposição a qualquer governo, defendendo o país.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *