Lula tem um problema insolúvel com a democracia e não resolverá até a eleição – nem depois

Lula contraiu Covid-19 em viagem e cumpriu quarentena em Cuba - Tribuna  Feirense

Lula ainda faz questão de ser um político em estilo cubano

J. R. Guzzo
Estadão

O ex-presidente Lula, candidato das esquerdas brasileiras e mundiais à Presidência da República em 2022, tem um problema insolúvel com a democracia. Não resolveu em 40 anos de vida na política. Não vai resolver até o dia da eleição – e nem depois. O motivo para isso é o mais descomplicado que poderia haver.

Lula não consegue se entender com a ideia de democracia porque, em primeiro lugar, não aceita a prática da liberdade individual, nem admite que alguém pense de modo diferente do seu – se pensar, é bandido safado de direita. Em segundo lugar, está claro, desde sempre, que o que ele gosta, mesmo, é de uma boa ditadura; é a favor, com devoção de beato, de todas as que estão por aí.

DEMOCRACIA À CUBANA – É uma ideia fixa. Lula não consegue ouvir a palavra “Cuba” sem fazer, na hora, um discurso de comício para explicar que todas as barbaridades do sistema, da repressão policial à calamidade permanente da economia, não existem – ou, se existem, não têm nada a ver com o governo. É sempre a mesma ladainha.

Cuba precisa de “mais tempo” para resolver os seus problemas; não resolveu nenhum, em 60 anos de regime comunista, mas precisa de “tempo”.

 Oposição? Segundo Lula, ela não vai melhorar os índices de democracia de Cuba reclamando do governo. Repressão policial? Isso existe em todos os países do mundo, diz ele.

CULPA DOS AMERICANOS – Mas nada se compara, em sua obsessão, com o “bloqueio americano”. Cuba, segundo Lula, não tem seringas para aplicar a vacina da covid por causa dos Estados Unidos, e não pela incompetência terminal do regime.

Cuba é um dos países mais pobres do planeta, mas o seu sistema econômico e político está corretíssimo; a coisa só não deu certo porque os americanos não permitem.

Fomos informados, também por Lula, que Cuba seria “uma Holanda” se os Estados Unidos tivessem deixado; em nenhum momento lhe passa pela cabeça que Cuba não é uma Holanda porque é governada de uma maneira que a impede, materialmente, de ser uma Holanda.

JÁ ERA TEMPO – Se os Estados Unidos não querem vender (ou dar) seringas para Cuba, por que o governo não vai comprar de algum dos outros 200 países do mundo? É incompreensível, também, que em 60 anos de comunismo Cuba continue a depender da economia americana para tudo – se os Estados Unidos não compram nem vendem, o país não funciona. Já não teria dado tempo para Cuba, a inimiga número 1 do “imperialismo”, construir a sua independência econômica?

É a mesma conversa com Venezuela e Nicarágua – nenhum dos dois regimes tem culpa de nada que acontece por lá. Para Lula, governo ruim só existe no Brasil.

17 thoughts on “Lula tem um problema insolúvel com a democracia e não resolverá até a eleição – nem depois

  1. Sr Guzzo,

    E’ ignorahncia ou ma’ fe’ ?

    Desconhece o bloqueio economico imposto pelos EUA ‘a Cuba q impede outros pai’ses de manterem nego’cios com o pai’s.

    Estude um pouco ou ganhe cara’ter?
    Pare c sofismas q enganam os ignirantes.

    Clebet

  2. Análise completamente facciosa.
    Dentre todos os atuais partidos o PT é o único que tem diversos líderes regionais com luz própria. Humberto Costa, Tarso Genro, Jaques Wagner, só para citar três. Poucas defecções aconteceram e todas elas não conseguiram em outros partidos adesão às suas idéias.
    Lula fundou um partido sabendo que o mais importante é a difusão das idéias e dos ideais. E está conseguindo enquanto os outros partidos vão sumindo, vão se fundindo, alugando suas siglas etc.

  3. Gosto muito dos Estados Unidos, já morei e trabalhei lá, o povo americano, em sua maioria, é de ótima índole. O maior problema de lá, assim como aqui, são os políticos. O maior pecado da terra de tio Sam: GUANTÁNAMO !!! Invadem um país indefeso, tomam um território valioso e constroem lá uma penitenciária onde são praticados os maiores crimes, incluindo torturas as mais diversas e perversas e, quem sabe, até a morte !!! Tudo rigorosamente proibido pela lei americana !!! Mas acontece que Guantánamo NÃO faz parte dos Estados Unidos… Também é verdade que o gigante do norte tudo faz para boicotar o comércio de Cuba com o resto do mundo. Apesar de gostar muito dos EEUU, não sou cego e percebo com bastante evidência os erros de lá. Ainda está para surgir um presidente que consiga restabelecer relações diplomática VERDADEIRAS com a ótima gente cubana e passarem a ser amigos de verdade !

    • Ótimo comentário, Sr. Antonio.
      Assim como o Sr., morei e trabalhei em D.C. e concordo plenamente com tudo que foi considerado.
      Um País fantástico, com os seus inúmeros defeitos é claro…
      Acho que perfeição seria uma coisa muito chata, em qualquer sentido.
      Sds.
      R.Lemos.

  4. O problema insolúvel do Lula é um só: ele é o chefão do PT (Partido de Traficantes) e, portanto, o comandante do narcotráfico sul-americano no Brasil. Segundo o ex-chefe da inteligência da Venezuela, um dos hubs do tráfico internacional (o outro é Cuba), Lula foi financiado pela grana do pó e, durante os governos do PT (Partido de Traficantes), as malas diplomáticas brasileiras eram usadas para o transporte da grana suja.

    O silêncio da grande imprensa sobre essas denúncias, revelam o grau de cumplicidade dos jornalistas, com o esforço tucano-petista para transformar o país num narco-estado.

    É o pó! É o pó!

  5. Estadão como sempre engajada em eleger um representante da direita. Dane-se Lula, mas não vejo matérias tão carregadas de rixas como essa contra o Bolsonaro.

  6. O próprio PT é uma ditadura. Quantos já foram expulsos pelo simples fato de discordar do lula?
    Até uma senadora ele mandou expulsar do partido, a Heloísa Helena, sem contar os inúmeros deputados, inclusive federais.
    O lula é a síntese da ignorância totalitária, e o asno “madrinheiro” da tropa, aquele que vai na frente.

  7. Prezado Guzzo,
    Em verdade, Luiz. Inácio é muito mais burro do que tu pensas.

    Um homem que afirma ter orgulho de não ter estudado tem QI de rato, e de rato sem rabo e de duas pernas.

    Fazer considerações aos achismos de um apedeuta é perda de tempo com um ex presidiário.

    Tudo que o apedeuta fala é de uma ideologia tão vagabundos que nem as pessoas mais sem vergonhas são capazes de dar ouvidos.

    Só mesmos as Hofmans, as Beneditas, os Dirceus, as Dilmas, os donos de.empreiteoras que lhe denunciaram fingem concordar por motivos óbvios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *