Meio-dia e 15: Paulo Octávio estava obrigado a assumir

Muitos, surpreendidos com o fato do vice ter ficado no cargo. Mas na verdade, ele TINHA QUE ASSUMIR, OU RENUNCIAR AO CARGO. Só podia deixar de assumir, em duas oportunidades: uma circunstancial, outra dependendo de condições.

1- Se estivesse viajando, autorizado oficialmente. 2- provadamente doente, hospitalizado, sem poder exercer o cargo. Poderia, pela Constituição, ficar sem assumir o MANDATO INTEIRO, se não se RESTABELECESSE. PORTANTO, Paulo Octávio TINHA QUE ASSUMIR OU SUMIR politicamente.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *