Mentiras combatidas com mentiras

Carlos Chagas

No aquela histria de quem nunca comeu melado, quando come, se lambuza, por no ter sido a primeira vez que o governo tenta livrar-se de uma mentira contando outras. Mas a lambana continua.

Por que o Palcio do Planalto divulgou que as fitas gravadas de todos os seus freqentadores so apagadas em trinta dias? Para evitar a entrega dos registros capazes de mostrar Lina Maria Vieira entrando na garage, no elevador, no corredor do quarto andar e no gabinete da ministra Dilma Rousseff, que os altos funcionrios do governo negam?

No h outra explicao para a mentira da destruio das imagens registradas pelas cmeras espalhadas pela sede do Executivo. A prpria empresa terceirizada, encarregada do trabalho, esclareceu que nada se apaga, que durante seis meses o contedo permanece intocvel, sendo depois passado para uma dessas diablicas maquininhas especializadas em guardar tudo para a eternidade.

A concluso surge clara: cada mentira que se segue serve para desnudar a anterior. Como a lgica nem sempre ocupa o mesmo patamar da lei, ficar impossvel demonstrar nos tribunais que as fitas no foram apagadas em trinta dias. Mas claro que, se foram, foi para esconder alguns flagrantes. E se no foram, pior ainda, porque as provas podem ser obtidas.

O triste no episdio que tudo acontece em torno de uma suposta ida da ex-secretria da Receita Federal Casa Civil, quando na verso dela, teria recebido instrues para agilizar o processo contra um dos filhos de Jos Sarney, investigado por suspeita de sonegao fiscal. D pena ver narizes to srios crescendo mais que o do Pinquio, mas, pelo jeito, a prxima mentira ser afirmar que a Casa Civil faz muito que no funciona no Palcio do Planalto…

Iluses perigosas

Seno mentiras, ao menos iluses. Faz tempo ouve-se a equipe econmica apregoar que samos da crise. Para Mantega e companhia, o pas vai de vento em popa. Deu a volta por cima na tempestade que assola o planeta.

Ser, no mnimo, uma iluso, para quem por cautela e educao evita falar em mentiras. Seno vejamos, conforme nmeros divulgados pelo prprio governo esta semana:

Aumentou o nvel das inadimplncias; as vendas caram; a produo industrial e agrcola diminuiu; os juros para as pessoas fsicas subiram, como o do cheque especial e o dos cartes de crdito; a arrecadao menor do que nos anteriores; o desemprego multiplicou-se.

Por mais que se tora para sairmos da crise, no d para deixar de somar essas e outras informaes sem que se pergunte: que paraso 頠 esse?

Ainda d tempo

Segunda-feira o presidente Lula dever anunciar com muita pompa e circunstncia a criao da nova empresa destinada a gerir o petrleo encontrado no pr-sal. Paralela Petrobrs, a companhia ainda no batizada administrar riquezas imensurveis.

A pergunta que se faz se a provisoriamente denominada Petrosal dedicar parte de seus recursos patrocinando entidades sindicais, corporaes, festivais, festas de So Joo, ONGs variadas e todo tipo de atividades que nada tem a ver com sua finalidade bsica. Tomara que no, porque o risco ser de, outra vez, partidarizar-se a ao governamental. Ou algum duvida de que a Petrobrs tornou-se uma das maiores fontes de renda de entidades formadas por companheiros?

Seria esperar demais se a nova empresa inclusse essa clusula em seus estatutos? Agora, milagre, mesmo, seria a proibio de gastar centenas de milhes de reais em publicidade e propaganda. Porque do potencial de petrleo a ser extrado, ningum duvida. Para vend-lo, aqui e l fora, no parece necessrio promov-lo. Nossos clientes j esto de olho e com os tales de cheque na mo, assinados.

bom tomar cuidado

Em segredo, a seo gacha do PTB encomendou pormenorizada pesquisa a um dos principais institutos, sobre a sucesso presidencial e estadual. No h favoritos, por enquanto, mas um percentual singular chamou a ateno dos dirigentes trabalhistas: 65% dos consultados aprovam a continuao do presidente Lula no poder.

Para no conturbar o processo, o PTB no divulgar oficialmente a pesquisa, como, alis, outros partidos e instituies vem fazendo. Mas que bom tomar cuidado, isso . Afinal, se Dilma Rousseff no decolar, no faltaro vozes para reavivar a hiptese hoje posta em cone de sombra…

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.